Resultados de compras e pesquisas

E-bikes estão a tornar-se cada vez mais populares, e por uma boa razão. São uma excelente alternativa às bicicletas tradicionais, oferecendo uma experiência mais confortável e conveniente. Mas com tantos tipos diferentes de e-bikes disponíveis no mercado, pode ser um desafio saber qual delas é a certa para si. Um factor importante a considerar é se a bicicleta tem um sensor de torque. Eis o que precisa de saber sobre os sensores de torque e porque são essenciais.

O que são sensores de torque?

Um sensor de torque é um dispositivo que mede a quantidade de força a ser aplicada nos pedais. Esta informação é então utilizada para ajudar o cavaleiro, facilitando, por exemplo, a pedalar colinas acima. Os sensores de torque podem ser encontrados tanto em bicicletas eléctricas de tracção média como em bicicletas eléctricas de tracção central. As unidades de médio curso são normalmente mais caras, mas oferecem algumas vantagens em relação às unidades de hub-drive. São mais pequenas e mais leves, tornando-as mais fáceis de manusear.

Tendem também a ser mais eficientes, fazendo melhor uso das engrenagens existentes da bicicleta. As unidades de condução em hub são menos caras mas podem ser mais pesadas e mais complicadas de manter. Existem dois tipos principais de sensores de torque: de suporte inferior e baseados na manivela. Os sensores de suporte inferior são o tipo mais comum.

Estão localizados perto dos pedais na parte inferior do quadro da bicicleta. Os sensores baseados na manivela são menos comuns, mas oferecem algumas vantagens em relação aos sensores do suporte inferior. São mais precisos e tendem a ser mais duráveis.

Para uma bicicleta eléctrica, é importante considerar qual é o melhor sensor para si. Se estiver à procura de uma opção mais acessível, uma bicicleta com um sensor de direcção de cubo com um suporte inferior pode ser uma boa escolha. Se estiver disposto a gastar mais, uma bicicleta de tracção média com um sensor baseado numa manivela irá provavelmente oferecer o melhor desempenho.

Vantagens da Bicicleta Eléctrica com Sensor de Torque

Há vários benefícios em utilizar uma bicicleta eléctrica com um sensor de torque.

Uma das principais vantagens é que proporciona uma experiência de equitação mais natural. Ao contrário das bicicletas com sensores de velocidade, que só prestam assistência quando os pedais estão a rodar, os sensores de binário auxiliam com base na força com que se está a pedalar. Isto faz com que se sinta mais como se estivesse a pedalar uma bicicleta normal com um pouco de ajuda extra.

Outro benefício dos sensores de torque é que eles são mais eficiente. Os sensores de velocidade só fornecem assistência quando os pedais giram, pelo que não podem tirar partido das engrenagens da bicicleta. Isto significa que pode acabar por utilizar mais energia da bateria do que o necessário. Os sensores de binário, por outro lado, prestam assistência com base na força com que está a pedalar, para que possam utilizar melhor as mudanças da bicicleta. Isto torna-os mais eficientes e pode ajudar a alargar o alcance da bicicleta.

Finalmente, os sensores de torque tendem a ser mais precisos do que os sensores de velocidade. Os sensores de velocidade consideram apenas a velocidade dos pedais, não a força que está a ser aplicada a eles. Isto pode levar a leituras imprecisas, especialmente quando se sobe ou desce o monte. Os sensores de torque, por outro lado, consideram tanto a velocidade como a força que está a ser aplicada aos pedais. Isto torna-os mais precisos, o que leva a uma condução mais eficiente.

Bicicletas eléctricas Sensor de Torque vs. Sensor de Cadência de Bicicletas Eléctricas

Ao começar a comprar uma bicicleta eléctrica, notará que estão a ser utilizados dois tipos diferentes de sistemas de motores.

Um é um sensor de torque, enquanto o outro é um sensor de cadência.

Embora estes dois sensores sirvam o mesmo propósito, fazem-no de formas diferentes. Aqui está um resumo rápido de cada tipo de sensor para o ajudar a decidir qual deles é o mais adequado para si.

Sensores de torque medir a força que se está a colocar nos pedais. Esta informação é então utilizada para calcular a potência que o motor deve fornecer. Estes sensores são normalmente encontrados em bicicletas eléctricas mais caras porque oferecem uma experiência de condução mais natural.

Sensores de cadênciapor outro lado, mede a sua velocidade de pedalada. Esta informação é então utilizada para determinar a potência que o motor deve fornecer. Estes sensores são tipicamente encontrados em bicicletas eléctricas menos dispendiosas porque são mais simples e fáceis de usar.

Então, que tipo de sensor é adequado para si?

Um sensor de torque é um caminho a seguir se estiver à procura de uma experiência de equitação mais natural. Contudo, se estiver à procura de uma bicicleta mais simples e fácil de usar, então um sensor de cadência é a melhor opção.

Qual delas é melhor: Um sensor de cadência ou de torque?

Os sensores de cadência medem o número de rotações por minuto do conjunto de manivelas.

Os sensores de torque, por outro lado, medem a força aplicada nos pedais.

Há prós e contras para cada tipo de sensor. Os sensores de cadência são menos caros e mais fáceis de instalar, mas podem ser menos precisos do que o torque. Os sensores de torque, por outro lado, são mais precisos mas mais caros.

Depende das suas necessidades e preferências. Um sensor de cadência pode ser uma boa escolha se estiver à procura de uma opção mais acessível. No entanto, um sensor de torque é um caminho a seguir se estiver à procura da medição mais precisa da sua potência de pedalagem.

Bateria

O e-bike médio tem um alcance de bateria de 25-60 milhas. Mas e se quiser ir mais longe? Precisará de uma bicicleta com uma bateria potente. A maioria das e-bikes têm baterias de iões de lítio, que são robustas e duradouras. No entanto, podem ser caras. Se estiver à procura de uma opção mais económica, talvez queira considerar uma bicicleta com uma bateria de chumbo-ácido. As baterias de chumbo-ácido não são tão potentes como as baterias de iões de lítio, mas são mais acessíveis.

Se planeia fazer muitas pedaladas, vai precisar de uma bicicleta com uma bateria potente. Mas se estiver à procura de um passeio ocasional, uma bateria menos potente pode ser tudo o que precisa.

Velocidade

As bicicletas electrónicas vêm em variedades de duas velocidades: acelerador e pedaleiro. As e-bikes de acelerador têm um acelerador que se pode utilizar para obter energia a pedido. As e-bikes a pedal, por outro lado, fornecem energia quando se pedala.

As bicicletas electrónicas são óptimas se se quiser a liberdade de obter energia sempre que necessário. No entanto, podem ser menos eficientes do que as bicicletas electrónicas de pedalar porque não está a receber qualquer ajuda dos pedais. As e-bikes a pedal são mais eficientes porque se está a usar os pedais para ganhar potência.

Peso

As bicicletas E-bikes vêm numa variedade de pesos. Algumas são leves e fáceis de transportar, enquanto outras são pesadas e difíceis de mover.

Se planeia fazer muitas pedaladas, vai querer uma bicicleta leve que seja fácil de transportar. No entanto, uma bicicleta mais pesada pode ser boa se estiver à procura de uma pedalada ocasional.

O resultado final é que não há uma resposta certa ou errada ao escolher os sensores de torque e-bike correctos. Tudo depende das suas necessidades e preferências. Leve algum tempo a pensar no que quer de uma e-bike, e depois escolha a resposta certa.

ADO

Deixe uma resposta